Viver à grande

O grande cobertor não-cobrindo-nada das aparências. (F. Pessoa)

02 maio, 2006

Quem saberá compreender os dias distantes? Faz frio novamente, romãs no quintal e precisamos aprender a dizer não. Minha capa de Superman tá mofando no armário. Tenho, entretanto, pousado na estante um souvenir, quase fetiche. Como não te amar, cabeção?